Autora: Lorena Sodré.

 

Sobre a obra:

 

O livro possui poemas destacáveis para envio.

 

Marcella Lima Ribeiro, professora de História da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), descreve com sabedoria sobre a obra:

 

Quando Lorena me convidou para fazer uma leitura de seus poemas eu estava em um momento intenso de medo.

 

Mas a poesia, encontrando voz nas mãos da artista, fez-se benfeitora da alma que lia. Fui tomada por uma sensação de pertencimento, mas não sabia bem ao quê.

 

Havia memória, surpresa, desejo, questionamento, leveza, dor, desencontro e retorno diante de mim. Vida. Intensa vontade da poetisa de imergir em experiências e voltar brincando com palavras para despertar o outro. Ela me lembrava que, mesmo à noite e com a cabeça cheia de preocupações, eu pertencia a mim mesma. Uma lembrança possível por meio das imagens com que criou e (re)despertou a possibilidade em mim de navegação no imaginar.

 

Ao confiar a nós, leitores, seu olhar atento sobre caminhos, a artista nos traz um sopro que, ocasionalmente, aumenta de velocidade e nos agita. Os poemas “Bússola” e “Ócio”, por exemplo, apresentam contrastes que nos fazem mergulhar em perguntas para dentro e ao passado.

 

Creio que, a quem chegarem os presentes versos, os sopros se revestirão de diferentes roupagens, afinal, não se controla o modo como a arte impacta a cada um. Porém, sem dúvida, a lembrança é o que estará presente por toda a poesia, tal qual o título sugere. A lembrança do livro é para o outro, para aquele de quem se tem saudade, mas é também para si. Para perceber a saudade e o redescobrimento de si mesmo.

 

Basta olhar a precisão do imaginar para lembrar.

 

Formato: físico.

 

Número de páginas: 136.

Saudade manda lembrança

R$ 40,00Preço